Concerto "Noite de Coimbra" - 2 de Junho

Para anunciar ou comentar eventos, encontros e convívios que têm lugar em Coimbra
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 12066
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Concerto "Noite de Coimbra" - 2 de Junho

Mensagem por Pedro »

Depois de acolher eventos, como o espectáculo de José Carreras ou a ópera “O Barbeiro de Sevilha”, o Páteo das Escolas volta a ser palco de uma iniciativa que promete ficar na memória da cidade. “Noite de Coimbra” proporciona ao público, que se espera que encha os 2.600 lugares disponíveis, a oportunidade de escutar alguns dos principais temas clássicos de Verdi ou Weber, passeando-se também pelo universo da canção de Coimbra.

(...)

O espectáculo, apresentado por Luís de Matos, está marcado para amanhã, às 21h30, e realiza-se no âmbito da Assembleia Geral do Coimbra Group, que traz à cidade representantes de 37 universidades de 20 países diferentes. O tenor russo Mikhail Gubsky é o convidado especial de uma noite em que surgem, lado a lado, os Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra e a Orquestra Clássica do Centro, sob a direcção do maestro Virgílio Caseiro, e ainda Paulo Soares, à guitarra.
“La Donna é Mobile”, “Solo Mio” e “Funiculi Funiculá” são alguns dos temas que preenchem a primeira parte do espectáculo. Na segunda, Coimbra vai ouvir o tenor Mikhail Gubsky cantar “Do Choupal até à Lapa” ou “Vivi um sonho” e os Antigos Orfeonistas – a celebrarem 25 anos - recordarem clássicos, como “À meia noite ao luar”, “Coimbra” e “Coro da Primavera”.

(...)

“Noite de Coimbra” é patrocinado pelo Grupo Amorim. Presente na apresentação do espectáculo, João Leal Barreto frisou que «é um orgulho» para o grupo associar-se à iniciativa, ainda para mais quando ela tem como palco «um dos lugares mais belos do mundo».

Os bilhetes, aos preços de 20, 15 e 10 euros, estão à venda na Loja da Universidade de Coimbra e no Centro Comercial Dolce Vita.

Fonte: Diário de Coimbra

Avatar do Utilizador
bluestrattos
Lendário
Lendário
Mensagens: 2164
Registado: domingo, 06 março 2005 22:49

Mensagem por bluestrattos »

Acho que deve ser um bom espectáculo, mas o preço não é muito apelativo... nunca mais ganho o EuroMilhões ou o Totoloto :wall:

harpsi
Regular
Regular
Mensagens: 116
Registado: quinta-feira, 19 maio 2005 13:05

Mensagem por harpsi »

mas o preço não é muito apelativo...
Claro que não. Para isso ponho o CD em casa por um grupo de primeira qualidade e não por uma orquestra e um coro de paróquia.

harpsi

SilentNoise
Lendário
Lendário
Mensagens: 1052
Registado: sábado, 05 fevereiro 2005 1:13

Mensagem por SilentNoise »

Mas porque é que tudo em Coimbra gira à volta do Grupo Amorim? Não há mais investidores interessados, ou há algum favorecimento por trás disto tudo? Claro que não... :roll:

harpsi
Regular
Regular
Mensagens: 116
Registado: quinta-feira, 19 maio 2005 13:05

Mensagem por harpsi »

Mas porque é que tudo em Coimbra gira à volta do Grupo Amorim? Não há mais investidores interessados, ou há algum favorecimento por trás disto tudo? Claro que não...
Porque tal como em muitas outras áreas, na música também existe o chamado factor C ... :roll:
Respondi? :shock:

harpsi

SilentNoise
Lendário
Lendário
Mensagens: 1052
Registado: sábado, 05 fevereiro 2005 1:13

Mensagem por SilentNoise »

Ai, que ingénuo que sou... :roll:
Até um simples concerto... :dis:

harpsi
Regular
Regular
Mensagens: 116
Registado: quinta-feira, 19 maio 2005 13:05

Mensagem por harpsi »

Até um simples concerto...
Parece-te a ti ...

Até a música alimenta muitos bolsos ... Não é só a política ...

harpsi

xalecas
Estreante
Estreante
Mensagens: 12
Registado: quarta-feira, 01 junho 2005 18:27

Mensagem por xalecas »

Imagem


É este o cartaz do evento. Gostava de ir ver. :)

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 12066
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Mensagem por Pedro »

Quase duas mil pessoas assistiram, ontem à noite, ao concerto de gala, no Páteo da Universidade, oferecido aos membros do “Coimbra Group”.

O fresco da noite e a memória dos concertos ao ar livro, em anos anteriores, no mesmo local, terá contribuído para que os quase 3.500 lugares disponibilizados, ontem à noite, no Páteo da Universidade, tenham ficado a pouco mais de meio preenchidos. Nada que ofuscasse o brilho do espectáculo, que se iniciou com a abertura da ópera Freischutz, de Weber, já por volta das 22H00.

Fonte: As Beiras
Apenas cerca de metade dos esperados... eu diria que foi um resultado fraquito.

Avatar do Utilizador
mustiness
Lendário
Lendário
Mensagens: 1638
Registado: sexta-feira, 25 fevereiro 2005 1:07

Mensagem por mustiness »

Mas houve fogo de artificio 8)

harpsi
Regular
Regular
Mensagens: 116
Registado: quinta-feira, 19 maio 2005 13:05

Mensagem por harpsi »

Apenas cerca de metade dos esperados... eu diria que foi um resultado fraquito.
Sim, se tivermos em conta que da elite coimbrã do costume são sempre uns quantos e ... os mesmos, e que cada um dos elementos do coro e da orquestra traz sempre 2, 3 ou 4 familiares, logo aí são 500 cabeças. O resto só lá vai porque se chama ÓPERA, e porque não fazem a mínima ideia da qualidade que vão ouvir, mas como o povo não percebe, cala-se e aplaude. Os mesmos para os mesmos.

É assim a cultura coimbrã, com a fadunchada do costume, os coros de paróquia e agora, a orxestra, sempre acompanhada pelo melhor coro do planeta, os antigos orfeonistas ... :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:

harpsi