Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Para conversar e discutir temas relacionados com Coimbra
Responder
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 11884
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra
Contacto:

Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Pedro » sexta-feira, 06 abril 2012 15:11

Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição de animais em espaços públicos

O provedor do Ambiente de Coimbra, Massano Cardoso, defendeu que a Câmara Municipal não deve proibir a presença de animais domésticos em espaços verdes ou públicos, bastando que faça cumprir a legislação nesta área.

“A legislação que existe é mais que suficiente para evitar os riscos dos animais de companhia, designadamente dos cães, para a saúde pública”, disse Salvador Massano Cardoso à agência Lusa.

Numa nota divulgada ontem, a Provedoria do Ambiente e da Qualidade de Vida Urbana de Coimbra considera “absolutamente abusiva” a utilização de editais por parte do município para interditar o acesso dos animais aos espaços públicos abertos.

A Provedoria, que em julho passado emitiu um parecer relativo ao “Projeto de Regulamento de Animais de Companhia e Outros no Município de Coimbra”, reforçou a sua posição, através de um aditamento, na sequência de um ofício que o vereador Luís Providência enviou em dezembro ao gabinete de Massano Cardoso.

Caso não seja alterado, “o regulamento agora em apreciação, no seu limite”, irá, no futuro, “interditar a permanência de animais domésticos em toda a área do município de Coimbra e não apenas nos espaços públicos, arriscando-se a ser a primeira cidade do Mundo sem cães”, adverte a mesma entidade, em tom irónico.

Fonte: As Beiras
Mais uma idiotice do Serviço Médico Veterinário da Câmara, que felizmente encontrou resistência na Provedoria do Ambiente. Tendo em conta os vários casos de mau funcionamento daquele Serviço de que fui tomando conhecimento ao longo dos últimos anos, infelizmente ideias destas acabam por não me surpreender. Espero que quem tem de tomar a decisão final também se aperceba do absurdo desta proibição e não a deixe ir em frente.

Avatar do Utilizador
Carol
Veterano
Veterano
Mensagens: 887
Registado: sábado, 11 novembro 2006 19:28

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Carol » sexta-feira, 06 abril 2012 16:05

Estou parva com esta decisão..
Mas de que cabeças é que saem estas ideias mágicas?

Espero mesmo que ponham a mão na testa antes de ir em frente com isto, pois seria escandaloso um serviço de uma câmara municipal fazer tal besteira.
“I have dreamt in my life, dreams that have stayed with me ever after, and changed my ideas; they have gone through and through me, like wine through water, and altered the color of my mind. And this is one: I'm going to tell it - but take care not to smile at any part of it.”

http://tothinkof.blogspot.pt/ Exposições de uma mente perturbada

Avatar do Utilizador
Ruizito
Lendário
Lendário
Mensagens: 1035
Registado: terça-feira, 25 março 2008 14:36
Localização: Coimbra

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Ruizito » segunda-feira, 09 abril 2012 8:25

Eu também não concordo com a proibição, mas sinceramente não vejo outra maneira de mudar as coisas. Sensibilizar e mentalizar os donos dos animais não dá efeito. Multá-los é muito difícil, só se houvesse um policia para cada cão! E sinceramente é confrangedor que não se consiga utilizar um espaço verde sem arriscar a ficar todo sujo com porcaria de cão.

Avatar do Utilizador
Ricky147
Lendário
Lendário
Mensagens: 1007
Registado: segunda-feira, 04 setembro 2006 11:53
Localização: Coimbra

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Ricky147 » segunda-feira, 09 abril 2012 9:43

Pois... o problema é que os pareceres da Provedoria não são vinculativos.
Ricardo Nuno

Avatar do Utilizador
Carol
Veterano
Veterano
Mensagens: 887
Registado: sábado, 11 novembro 2006 19:28

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Carol » segunda-feira, 09 abril 2012 13:11

Continua a haver criminalidade em Portugal e a solução não passa por proibir a permanência de pessoas em espaços públicos...

Há muita gente que continua a ignorar as regras cívicas de passear cães, mas tenho visto cada vez mais a ter o cuidado de apanhar a porcaria do cão.

O que falta regular é a prática de passear cães sem trela, essas pessoas alegam que os cães não fazem mal a ninguém mas esquecem-se que há pessoas que têm fobia a animais e há outros cães a passear com os quais se podem meter em bulhas..
“I have dreamt in my life, dreams that have stayed with me ever after, and changed my ideas; they have gone through and through me, like wine through water, and altered the color of my mind. And this is one: I'm going to tell it - but take care not to smile at any part of it.”

http://tothinkof.blogspot.pt/ Exposições de uma mente perturbada

Avatar do Utilizador
rusty
Iniciado
Iniciado
Mensagens: 65
Registado: segunda-feira, 03 setembro 2007 12:49

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por rusty » segunda-feira, 09 abril 2012 14:26

Creio que aqui o problema não é unicamente da camara com estas ideias idiotas mas também outras situações que são negligenciadas.

De momento vivo e trabalho na Bélgica e Luxembourgo e os cães são autorizados a entrar em espaços públicos até mesmo numa Zara mas há que distinguir o seguinte destes países e Portugal:
- Um cão é um membro da familia, bem cuidado, bem tratado e bem amado
- Os cães vão no minimo duas vezes por ano cortar o pelo
- Tomam banho 1x por mês
- Não ficam na rua esquecidos e deixados ao abandonos nos quintais e jardins
- O clima é mais frio, o que não permite uma cultura de pulgas e carraças....
- Nas cidades vê-se com frequência pequenos postos com sacos de papel para quem se esquecer de trazer os seus saquinhos para apanhar os despejos dos cães
- Existem casas de banho dos animais, pequenos espaços onde os cães podem fazer as suas necessidades em muitos dos jardins

Resumindo, o civismo das pessoas é bastante bom, a cultura das cidades e governantes adequa-se a esta mentalidade também e apesar de haver leis idiotas, não se combatem problemas de civismos e bom senso com leis idiotas....
Portugal tem que crescer mas as pessoas também...

pauloms
Veterano
Veterano
Mensagens: 509
Registado: domingo, 20 agosto 2006 0:16

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por pauloms » quinta-feira, 19 abril 2012 16:23

Tudo se resume ao civismo, não só dos donos dos animais mas também de quem fiscaliza (?), etc.

Infelizmente vê-se que por parte da Câmara existe mais preocupação mediática com alguns assuntos cívicos do que com outros, muito mais graves, que "chocam" com alguns interesses económicos, nomeadamente as questões ligadas à "noite coimbrã".

Ambas as situações são o resultado de um povo com uma média de cultura e responsabilidade cívica ainda muito baixa e que atinge todos os extractos sociais e não somente os mais desfavorecidos.

Veja-se o caso do anterior comandante da PM de Coimbra. Deu uma entrevista em 2011 ao DC em que dizia que a PM só intervinha em situações reportadas de ruído e altercações nocturnas com mais de 20 ou 30 queixas individuais... Que se fossem só 10 não faziam nada.... E o que aconteceu após esta entrevista? NADA! O resto todos sabemos.

Avatar do Utilizador
Lino
Mítico
Mítico
Mensagens: 8083
Registado: quinta-feira, 14 abril 2005 3:54
Localização: Coimbra
Contacto:

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Lino » terça-feira, 24 abril 2012 21:38

Proibir cães... proibam é os donos de alguns cães... que idiotas....
Coimbra tem mais encanto... terá?
Imagem

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 11884
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra
Contacto:

Re: Provedoria do Ambiente de Coimbra contra proibição

Mensagem por Pedro » terça-feira, 12 junho 2012 13:19

Regulamento que proibia cães na rua baseado em informação manipulada

Parecer inexistente da Unidade de Saúde Pública serviu para reforçar posição dos técnicos municipais.

A proposta de Regulamento Municipal de Animais de Companhia de Coimbra está baseada em pelo menos um parecer forjado. A denúncia foi ontem feita em reunião de Câmara no período aberto aos munícipes e fundamentada com documentação entregue aos vereadores.

José Morais apresentou aquilo que é a «Base legal e técnico-científica para a elaboração da actual proposta de Regulamento Municipal de Animais de Companhia e Outros no Município de Coimbra». Documento esse que começa a citar um «parecer da Unidade de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde Baixo Mondego I» que se felicita o regulamento e se diz que «em prol da saúde e do bem-estar dos cidadãos do Município de Coimbra esperamos que o referido regulamento seja aprovado brevemente e que a sua implementação não tarde».

Fonte: Diário de Coimbra
Mais uma atitude vergonhosa do Serviço Médico Veterinário... e mesmo assim os responsáveis por estas coisas vão mantendo o emprego. :roll:

Responder