Polis recupera imóvel no Parque da Cidade

Para conversar e discutir temas relacionados com Coimbra
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 12066
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Polis recupera imóvel no Parque da Cidade

Mensagem por Pedro »

Polis recupera imóvel no Parque da Cidade

A concretização de projecto de Alberto Lage e Paola Monzio custará cerca de 400 mil euros. O objectivo é adaptar um velho edifício do Parque Dr. Manuel Braga a actividades ligadas à medição da qualidade ambiental de Coimbra

A Sociedade CoimbraPolis lançou ontem o concurso público respeitante à empreitada que há-de transformar a antiga Estação Elevatória de Água do Parque Dr. Manuel Braga num Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA). Quando as obras estiverem prontas, é aqui que vão ser controlados indicadores do ambiente urbano de Coimbra como a qualidade do ar, da água e do ruído.

A empresa que vencer o concurso, cuja abertura foi anunciada na edição de ontem do Diário da República, com um preço base de 400 mil euros (80 mil contos), terá 270 dias para concretizar um projecto dos arquitectos Alberto Lage e Paola Monzio.

Numa área de 235 metros quadrados, o CMIA vai ter uma recepção, um café-bar, uma loja, uma sala de motorização, uma zona administrativa, um armazém-oficina, instalações sanitárias e ainda um espaço multiusos para o acolhimento de exposições temporárias e pequenas conferências.

Segundo a Sociedade CoimbraPolis, os centros de monotorização previstos no Programa Polis vão servir a técnicos que hão-de «reunir e interpretar a informação resultante do acompanhamento ambiental das várias fases de implementação e desenvolvimento dos projectos [Polis] nas várias cidades».

Além da monotorização dos indicadores ambientais de Coimbra, o CMIA também terá uma vertente pedagógica, se, como previsto, acolher visitas de escolas e promover actividades de educação ambiental.

A Sociedade CoimbraPolis informou ainda, em comunicado remetido à imprensa, que o projecto de arquitectura de Alberto Lage e Paola Monzio obedece a orientações «rigorosas» no sentido de minimizar o consumo de «formas de energia comercial».

Fonte: Diário de Coimbra
Parece-me bem. Em vez de um edifício a degradar-se e que só dá mau aspecto ao Parque, ficamos com vários espaços úteis (que presumo sejam também para os utilizadores do parque) e a tal estação de monitorização.

Avatar do Utilizador
bluestrattos
Lendário
Lendário
Mensagens: 2164
Registado: domingo, 06 março 2005 22:49

Mensagem por bluestrattos »

Mas que edifício velho é que se estão a referir ? No Parque M. Braga só me lembro de lá ver o Itália, e uns barracos da Polis.... É certo que já não lá passo há algum tempo, mas...

E já agora, como está a segurança desse parque ? Aquilo andou uns tempos que só à lei da bala podia-se ter alguns momentos de segurança e descanso no parque :evil:

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 12066
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Mensagem por Pedro »

É este edifício:
Imagem

Não sabia que aquilo andava com problemas de segurança. Já não vou lá há uns tempos, mas já cheguei a andar por lá perto da meia noite e nunca houve problemas. Pensei que ter os bares ali ao lado ajudava.

Avatar do Utilizador
bluestrattos
Lendário
Lendário
Mensagens: 2164
Registado: domingo, 06 março 2005 22:49

Mensagem por bluestrattos »

Ah!!! já me lembro. Ver essa imagem ajudou. Já nem me lembrava que isso existia, pensei que até já tivessem sido demolidos ou coisa parecida, mas ainda bem que vão recuperá-los e fazer algo de útil, espero :roll:

Quanto à segurança, actualmente tambémnão sei como está, mas que aquilo teve tempos difícies teve :roll: