Data/Hora: sexta-feira, 23 agosto 2019 19:27


Groupon encerra em Portugal

O geral das generalidades... para discutir tudo!
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11860
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Groupon encerra em Portugal

Mensagempor Pedro » terça-feira, 26 janeiro 2016 10:55

Groupon fechou em Portugal. Reembolsos só até 14 de Março

O site de compras online com desconto Groupon encerrou as suas operações em Portugal, “uma vez que não existem condições para uma actividade lucrativa num futuro próximo”. Só serão efectuados reembolsos “antes do dia 15 de Março”.
"Após uma cuidada análise do mercado português, decidimos encerrar definitivamente a actividade em Portugal a partir de 25 de Janeiro de 2016. Lamentamos assim informar que não iremos oferecer-lhe novas propostas no futuro", lê-se no e-mail da Groupon enviado hoje, 26 de Janeiro, aos seus clientes portugueses.

"Para os nossos clientes, isto significa que iremos cessar as nossas ofertas no nosso site a partir do dia 25 de Janeiro de 2016", refere a missiva. A Groupon garante que os "vouchers" entretanto adquiridos continuarão "válidos até à data acordada", mas que que quem quiser receber um reembolso total do valor do seu "voucher" terá que comunicar essa intenção "antes do dia 15 de Março de 2016".

A decisão de encerrar a operação portuguesa "não foi tomada levianamente", ressalva a Groupon. "Procedemos a uma avaliação da nossa presença a nível global, e analisámos os mercados onde o potencial de mercado e o investimento necessário se complementam. Uma vez que não existem condições para uma actividade lucrativa num futuro próximo, foi tomada a difícil decisão de cessar a actividade em Portugal", explica a empresa no e-mail, que é assinado por Nicola Cattarossi, director-geral da Groupon para o Sul da Europa.

A empresa norte-americana chegou a operar em 40 países, mas nos últimos meses tem vindo a encerrar operações em todo o mundo. Em Setembro passado, anunciou o despedimento de 1.100 dos seus 11 mil trabalhadores e o encerramento da sua actividade na Grécia, Turquia, Marrocos, Panamá, Filipinas, Porto Rico, Taiwan, Tailândia e no Uruguai.

Dois meses depois, encerrou a sua página em mais quatro países europeus: Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia. Agora chegou a vez de Portugal.

"À medida que continuamos o nosso foco operacional e estratégica para simplificar e racionalizar o negócio internacional, estamos a avaliar a nossa carteira internacional para determinar quais os activos que podem contribuir para a nossa visão de longo prazo de crescimento rentável agressivo", referia a Groupon, em comunicado, em Novembro passado.

A Groupon apresentou perdas de 27,6 milhões de dólares (25,5 milhões de euros) no terceiro trimestre, acima dos 21,2 milhões (19,6 milhões de euros) registados no mesmo período do ano passado. A empresa estimava então atingir em 2016 vendas da ordem dos três mil milhões de dólares (perto de 2,8 mil milhões de euros).

Sediada em Chicago, foi a Groupon que inventou, em 2008, o conceito de compra colectiva na internet, oferecendo serviços e produtos com grandes descontos, recebendo uma comissão por cupão vendido – ou o valor total caso o mesmo não seja utilizado.

Fonte: Jornal de Negócios


Tinha ideia que estivesse a correr bem, mas parece que a ideia não pegou cá...

Voltar para Geral

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron