APP considera exame de Português do 12º ano confuso

Para professores, alunos e funcionários do ensino secundário
Avatar do Utilizador
guga_13
Regular
Regular
Mensagens: 196
Registado: terça-feira, 12 setembro 2006 12:52

APP considera exame de Português do 12º ano confuso

Mensagem por guga_13 »

A Associação de Professores de Português (APP) considerou que os maus resultados obtidos no exame de Português do 12º ano se devem «exclusivamente» a uma prova «duvidosa e mal formulada».A vice-presidente da APP, Edviges Antunes Ferreira, disse à agência Lusa esta segunda-feira que a prova de Português «tinha uma série de questões mal formuladas que levaram os alunos à confusão» o que originou os maus resultados na disciplina.

Edviges Ferreira acrescenta ainda tanto o primeiro como o segundo grupo do exame de Português do 12º ano «suscitaram várias dúvidas» à APP e a diversos professores, ressalvando que «nem alunos nem professores podem ser responsabilizados pelos fracos resultados».

De salientar que a média no exame da disciplina, este ano, ficou nos 9,7 valores, ao passo que no ano passado se fixou nos 10,8 e em 2006 nos 11,6.

A percentagem de reprovação na prova de Português foi de 8% (entre os 60 281 alunos que fizeram o exame), o que representa um acréscimo face aos 5% em 2007 e 2006.

Recorde-se que na sexta-feira passada, o secretário de Estado da Educação, Valter Lemos, disse que, apesar desta quebra nos resultados do exame de Português do 12º ano não ser muito significativa, o Governo está preocupado e pretende adoptar algumas «medidas de apoio e de reforço» no ensino da disciplina no Secundário.

Edviges Ferreira considera positivo o reforço das medidas de apoio da disciplina no Secundário, que o Governo anunciou. No entanto, diz que não tem qualquer dúvida de que, «se os alunos no próximo ano forem confrontados outra vez com uma prova deste calibre, os resultados não vão melhorar, vão ser os mesmos».
Fonte: Notícias Portugalmail.pt

Avatar do Utilizador
Ruizito
Lendário
Lendário
Mensagens: 1035
Registado: terça-feira, 25 março 2008 14:36

Mensagem por Ruizito »

Bem isso pode ser tudo verdade, mas também é verdade que os jovens escrevem cada vez pior, lêm cada vez menos e se interessam pela nossa ingua o mínimo possivel, factos a que não serão alheios a proliferação de SMS, chats, jogos etc. onde predomina o inglês e a lingua portuguesa é resumida a uma séria de siglas e sinalética por vezes incompreensivel.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 11953
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Mensagem por Pedro »

O problema não é o "domínio" que o Inglês tem... isso apenas contribui para melhorar o nosso conhecimento sobre Inglês. O problema é mesmo a falta de vontade que há para escrever Português de forma correcta. Quando há quem prefira escrever "iDuTiXeHx dXtAhX" e considera "tEkWaH tEhX" escrever normalmente... pouco há a fazer por essa pessoa.

Eu, apesar de ser de informática, lá vou tentando fazer a minha parte... digo-lhes que escrever dessa maneira é idiota (e, felizmente, ainda há muitos que concordam comigo) e aproveito para que eles escrevam bastante nas minhas aulas - com textos originais e não cópias. Infelizmente, pelo que me dizem, escrevem mais nas minhas aulas do que nas de Português... mais uma vez, nestas condições pouco há a fazer.

Avatar do Utilizador
Ruizito
Lendário
Lendário
Mensagens: 1035
Registado: terça-feira, 25 março 2008 14:36

Mensagem por Ruizito »

Pedro Escreveu:O problema não é o "domínio" que o Inglês tem... isso apenas contribui para melhorar o nosso conhecimento sobre Inglês. O problema é mesmo a falta de vontade que há para escrever Português de forma correcta. Quando há quem prefira escrever "iDuTiXeHx dXtAhX" e considera "tEkWaH tEhX" escrever normalmente... pouco há a fazer por essa pessoa.

Eu, apesar de ser de informática, lá vou tentando fazer a minha parte... digo-lhes que escrever dessa maneira é idiota (e, felizmente, ainda há muitos que concordam comigo) e aproveito para que eles escrevam bastante nas minhas aulas - com textos originais e não cópias. Infelizmente, pelo que me dizem, escrevem mais nas minhas aulas do que nas de Português... mais uma vez, nestas condições pouco há a fazer.
Era mais ou menos isso que eu queria dizer em relação à escrita.
Falei do inglês apenas na questão da leitura e interpretação. Muitas pessoas não se interessam minimamente por aprender vocabulário novo, interpretar textos, perceber o que querem dizer certas palavras ou expressões. Já em relação ao inglês, estão sempre prontas para "correr seca e Meca" até descobrir o que quer dizer uma palavra ou uma frase se isso as ajudar a passar um nível de um jogo, ou piratear um filme na net.

Avatar do Utilizador
guga_13
Regular
Regular
Mensagens: 196
Registado: terça-feira, 12 setembro 2006 12:52

Mensagem por guga_13 »

Eu, falando por mim, também escrevo com X's e K's, mas apenas para ser mais rápido nos pontamentos e poupar caracteres no escrita do telemóvel. Quando é para escrever algo para uma aula ou exame, tenho o cuidado de escrever à pressa (porque o tempo também não é muito) e correctamente. Gosto de aprender vocabulário novo (provavelmente sou dos poucos)..