Data/Hora: domingo, 22 setembro 2019 23:19


Escolas mudam de nome

Para professores, alunos e funcionários do ensino secundário
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11860
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Escolas mudam de nome

Mensagempor Pedro » quarta-feira, 02 janeiro 2008 14:11

Escolas sem nomes santos

As escolas Básicas e Secundárias vão deixar de ter santos ou santas na denominação oficial. A indicação partiu do Ministério da Educação, no âmbito da aplicação do Decreto de Lei n.º 299/2007, da Lei de Bases do Sistema Educativo.

O Decreto, de 22 de Agosto, define as normas aplicáveis à denominação dos estabelecimentos de educação ou de ensino públicos não superiores, acabando com as tradicionais EB 1 ou EB 2,3 e passando a existir apenas escolas Básicas e Secundárias.

Quanto ao nome, o decreto diz que “deve criar-se designações com que as comunidades educativas se identifiquem e que sejam facilitadoras da elaboração de cartas educativas, tratamento estatístico e da aplicação das novas tecnologias”.

Fala também o decreto da faculdade de a escola poder incluir o nome de um patrono, que deve ser “uma personalidade de reconhecido valor, que se tenha distinguido na região no âmbito da cultura, da ciência ou educação, podendo ainda ser alusivas à memória da expansão portuguesa, à antiga toponímia ou a características geográficas ou históricas do local onde se situam os estabelecimentos de ensino”.

Assim, para redenominar as escolas públicas o Ministério entendeu encarregar da escolha as assembleias de escola, dando entretanto a indicação aos órgãos directivos de que devem ser evitadas alusões religiosas, como nomes de santos ou santas. Esta ordem gerou alguma polémica em agrupamentos do distrito de Braga, com várias pessoas a recusarem o riscar do nome da terra.

Ora esta situação vem causar grandes dificuldades, nomeadamente ao nível das antigas escolas primárias, agora escolas Básicas, cujo nome era, por norma, o mesmo da freguesia.

Tendo em conta o caso de Lisboa, por exemplo, em que 31 das 53 freguesias têm nomes católicos – como Santa Justa, Santa Engrácia, S. Francisco Xavier ou Nossa Senhora de Fátima – prevê-se que a tarefa não seja nada fácil.

Refira-se que mais de trinta por cento das freguesias portuguesas tem nome de santos ou santas.

Fonte: Correio da Manhã


Eu concordo com algumas das medidas que têm sido tomadas para tornar as escolas mais laicas (acho que cada um deve decidir a religião que quiser)... mas esta parece-me incrivelmente exagerada (e eu sou ateu). Perto de mim tenho dois exemplos de escolas que terão de mudar: a EB 2,3 Rainha Santa Isabel e a Primária de Santa Apolónia. O caso da primária vai ser ridículo... pois estamos a falar de uma escola que tem, simplesmente, o nome do bairro onde está localizada (uma solução óbvia para a nomear, parece-me). Se passassem menos tempo a preocupar-se com medidas de treta e mais tempo com as medidas que interessam...

daniel322
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 3525
Registado: quarta-feira, 21 junho 2006 18:25
Localização: Coimbra

Mensagempor daniel322 » quarta-feira, 02 janeiro 2008 16:48

Em Santa Apolónia nada se altera, pois o nome é Escola Básica 1 de Santa Apolónia e não Escola Santa Apolónia :wink:

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11860
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Mensagempor Pedro » quarta-feira, 02 janeiro 2008 16:51

Pelo que percebi da notícia, vai dar ao mesmo.

Avatar do Utilizador
Lino
Mítico
Mítico
 
Mensagens: 8083
Registado: quinta-feira, 14 abril 2005 3:54
Localização: Coimbra

Mensagempor Lino » quarta-feira, 02 janeiro 2008 19:53

Acho a medida uma treta, é só para dizerem que fazem alguma coisa. Como se fosse mudar algum problema de forma estrutural. Andam a tomar medidas que nada resolvem para fazer de conta e esquecem as essenciais.
Além de que vai ser um desperdício idiota de fundos para as mudanças de moradas, carimbos, placas de identificação, etc. :?
Coimbra tem mais encanto... terá?
Imagem

Leia
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 1519
Registado: sábado, 15 abril 2006 14:31

Mensagempor Leia » quarta-feira, 02 janeiro 2008 22:36


JulesS
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 1217
Registado: terça-feira, 04 janeiro 2005 23:46
Localização: Cantanhede

Mensagempor JulesS » quarta-feira, 02 janeiro 2008 23:38

Então mas ainda há poucos anos não mudaram as designações das escolas, ciclos, C+S, etc para as EB ?!
Agora vão mudar outra vez... e qual o benefício??
Só mais confusão em alterar coisas.. documentos, correspondências etc...

Se me perguntarem onde estudei eu ja nem vou saber dizer....

grossxl90
Novato
Novato
 
Mensagens: 40
Registado: quarta-feira, 10 October 2007 14:18

Mensagempor grossxl90 » quarta-feira, 02 janeiro 2008 23:46

Isto é simplesmente absurdo!
Acho que o melhor era mudarem mesmo o nome das freguesias, para que não tenham nomes de santos, e também os das ruas... Já agora, que não possam também ter o nome de pessoas ligadas à Igreja, para não ferir as susceptibilidades de algum ateu incauto que se possa sentir ofendido no seu direito à escolha...

Leia
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 1519
Registado: sábado, 15 abril 2006 14:31

Mensagempor Leia » quinta-feira, 03 janeiro 2008 0:55

Não devem ter lido o link que pus em cima, mas essa noticia já foi desmentida pelo Ministério.

RuiSantos
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 1296
Registado: terça-feira, 04 setembro 2007 16:20
Localização: Antanhol

Mensagempor RuiSantos » quinta-feira, 03 janeiro 2008 0:58

Leia Escreveu:Não devem ter lido o link que pus em cima, mas essa noticia já foi desmentida pelo Ministério.


Escolas podem ter nomes Santos

O Ministério da Educação fez esta quarta-feira um desmentido à notícia segundo a qual o Governo teria dado indicação para que fossem retirados os nomes de santos das escolas.

O comunicado remete para o Decreto-Lei n.º 299/2007 que define as regras para a denominação dos estabelecimentos de ensino. No decreto-lei está estipulado que «é necessário criar designações e denominações com que as comunidades educativas se identifiquem».

O documento diz ainda que, caso seja escolhido um patrono, «as propostas de denominação [...] devem fundamentar-se no reconhecido valor de personalidade que se tenha distinguido na região,
nomeadamente no âmbito da cultura, da ciência ou educação,
podendo ainda ser alusivas à memória da expansão
portuguesa, à antiga toponímia ou a características geográficas ou históricas do local onde se situam os estabelecimentos de educação ou de ensino».

As escolas poderão ainda ter o nome da localidade onde se inserem.

No decreto-lei não há nenhuma referência concreta à religião, nem para dizer que é autorizado, nem para proibir.

A notícia, publicada na edição desta quarta-feira do Correio da Manhã refere que para redenominar as escolas públicas o Ministério entendeu encarregar da escolha as assembleias de escola, dando entretanto a indicação aos órgãos directivos de que devem ser evitadas alusões religiosas, como nomes de santos ou santas.

O Correio da Manhã adianta ainda que esta ordem «gerou alguma polémica em agrupamentos do distrito de Braga, com várias pessoas a recusarem o riscar do nome da terra».

Contudo, no artigo 2 no Decreto-Lei está explicito que as escolas podem ter «o nome da localidade onde se situa o estabelecimento[...]».


by Portugal Diário

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11860
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Mensagempor Pedro » quinta-feira, 03 janeiro 2008 1:01

Hmmm... ou foi invenção do CM ou as reacções fizeram o Ministério mudar de ideias (e tentar passar isso por desmentido). Infelizmente, tendo em conta o que conheço do Ministério da Educação, aponto mais para a segunda hipótese.

Leia
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 1519
Registado: sábado, 15 abril 2006 14:31

Mensagempor Leia » quinta-feira, 03 janeiro 2008 1:46

Eu tendo em conta que a noticia vem do correio da manha, acredito mais na primeira.

Até porque o decreto de lei já foi escrito e publicado antes da noticia.

Avatar do Utilizador
Chong Li
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 2236
Registado: terça-feira, 27 setembro 2005 22:32

Mensagempor Chong Li » quinta-feira, 03 janeiro 2008 1:52

Acho muito bem que as escolas não tenham nomes de santos. Mas as escolas novas - as que se venham a construir de novo - e não as que já existem. Isso é dinheiro deitado à rua.
"You break my record. Now I break you. Like I broke your friend!"

CHONG LI! CHONG LI! CHONG LI! CHONG LI!CHONG LI! CHONG LI! CHONG LI! CHONG LI!

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11860
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Mensagempor Pedro » quinta-feira, 03 janeiro 2008 2:48

Leia Escreveu:Até porque o decreto de lei já foi escrito e publicado antes da noticia.


Isso, infelizmente, não invalida as "recomendações" que o Ministério tem a mania de fazer... e que de recomendações pouco têm.

grossxl90
Novato
Novato
 
Mensagens: 40
Registado: quarta-feira, 10 October 2007 14:18

Mensagempor grossxl90 » quinta-feira, 03 janeiro 2008 20:46

Leia Escreveu:Eu tendo em conta que a noticia vem do correio da manha, acredito mais na primeira.

Exacto...

Avatar do Utilizador
Miguel_Silva
Lendário
Lendário
 
Mensagens: 1893
Registado: segunda-feira, 29 janeiro 2007 20:03
Localização: Ceira, Coimbra, Portugal

Mensagempor Miguel_Silva » quinta-feira, 03 janeiro 2008 21:46

Chong Li Escreveu:Isso é dinheiro deitado à rua.


em Portugal é hábito deitar-se dinheiro à rua com coisas sem nexo nenhum, como é o caso da mudança dos nomes das escolas :!:
...Pedro Miguel da Costa e Silva...


Voltar para Secundário

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron