Página 1 de 4

D. Maria bisa como melhor escola pública

MensagemEnviado: sábado, 22 October 2005 11:23
por Chong Li
D.MARIA BISA COMO MELHOR PÚBLICA

A Escola Secundária Infanta D. Maria, em Coimbra, surge pelo segundo ano consecutivo como a melhor escola pública secundária a nível nacional, a partir das médias das notas dos exames nacionais do 12.º ano, aparecendo no 12.º lugar entre as 600 escolas analisadas. É frequentada por 650 estudantes e não lecciona áreas tecnológicas. Tem seis cursos de ciências, dois de humanidades e um de economia, assumindo-se como um estabelecimento de ensino com um elevado grau de exigência e qualidade.

Este reconhecimento deixa “satisfeitos e orgulhosos” os responsáveis da escola, que destacam como razão do sucesso o corpo docente estável, que acompanha os alunos entre o 10.º e o 12.º ano. O meio sócio--cultural médio/alto e horários que deixam muito tempo aos alunos para estudar também ajudam aos bons resultados nas provas decisivas.

in http://www.correiomanha.pt/noticia.asp? ... &id=178553

MensagemEnviado: segunda-feira, 24 October 2005 13:42
por Lino
Isso é só a nível de notas, vão investigar sobe o ambiente humano das escolas e como as matérias são dadas... :roll:

MensagemEnviado: segunda-feira, 24 October 2005 13:49
por Pedro
Pois, provavelmente tem muito a ver com o facto de grande parte dos alunos da D. Maria e da José Falcão terem explicações privadas (pelo menos no meu tempo era assim... embora já tenham passado uns anos, duvido que a situação tenha mudado). É por isso que usar só as notas é sempre uma medida falaciosa.

MensagemEnviado: segunda-feira, 24 October 2005 14:31
por Yagami
Pedro Escreveu:Pois, provavelmente tem muito a ver com o facto de grande parte dos alunos da D. Maria e da José Falcão terem explicações privadas (pelo menos no meu tempo era assim... embora já tenham passado uns anos, duvido que a situação tenha mudado)

Era exactamente essa a explicação que surgia no Público, dada se não me engano por um professor ou director lá do sítio.

MensagemEnviado: segunda-feira, 24 October 2005 19:15
por bluestrattos
Andei no D. Duarte e no D.Maria e posso garantir que as diferenças são bastante visíveis. Eu não tinha explicações, e senti diferenças entre uma e outra. Os professores tinham outra atitude, e sabiam explicar. Um gajo sentia-se bem naquela escola.

Nos tempos do D.Duarte enquanto andei no 10º ano, não tive razões de queixa, pelo contrário, mas no 11º ano vi que algo estava a degradar-se muito rapidamente, e no final do mesmo, dei de frosques e fui para o Dona, mesmo sabendo que teria de atravessar a cidade de uma ponta à outra (Sta Clara <--> Solum)

Conheço essas histórias das explicações, mas também sei ver que no Dona, o ensino é muito melhor.

MensagemEnviado: quarta-feira, 26 October 2005 18:52
por Lino
Eu andei na D. Dinis e gostei de lá andar, os professores eram bons e o ambiente humano também, não gosto de ver o pessoal da Dona todo de igual, o ambiente de meninos novos ricos... claro que há excepções...

MensagemEnviado: quarta-feira, 26 October 2005 19:27
por bluestrattos
Lino Escreveu:... o ambiente de meninos novos ricos... claro que há excepções...


Isso foi o que mais me custou, mas com o tempo acabei por tolerar o ambiente, em parte por conviver a maior parte do tempo com pessoal normal

MensagemEnviado: quinta-feira, 27 October 2005 0:15
por mustiness
Eu frequentei durante os meus 3 anos de secundária o D.Maria e gostei imenso. Acho que nunca gostei tanto de uma escola. No 10ºano, inclusive, eu desejava que o fim de semana acabasse depressa para ir para a escola.
Mesmo tendo um bocado aquele ambiente "queque", eu sentia-me bastante à vontade... Acho que as pessoas olhavam um pouco de lado quando eu me comecei a vestir mais de preto, mas foi só enquanto foi novidade!
Adorava a nossa relação com os professores, as salas, a turma em si, os funcionários, enfim... gostei mesmo daquela escola :)

MensagemEnviado: domingo, 30 October 2005 2:09
por pedrotuga
Ridiculo basear um ranking nas notas... foram escolher a ultima coisa par aqual deviam olhar... enfim...

escolas maiores como a jose falcao por exemplo tem centenas de pessoal retirado do ensino que vai la fazer o exame de matematica e tem zero. Claro que isso desce a media da escola no geral mas isso vai muit alem da escola.

Na minha escola havia tto pessoal a vir fazer o exame de matematica e fisica que lembro-me de ter ficado em salas em que nao conhecia um unico dos meus colegas de exame.

MensagemEnviado: terça-feira, 01 novembro 2005 21:27
por mustiness
e há aquela coisa.. as escolas mais bem qualificadas, para além de privadas, levam pouquissimos alunos a exame...

Não sabia, mas há um colégio no Porto que só admite alunos depois de entrevistas e inquéritos.. Só depois de submeter os alunos a grandes pressões é que os aceitam ou recusam...

MensagemEnviado: terça-feira, 29 julho 2008 4:09
por Pedro
Dezenas de alunos vão ficar de fora, ingressando noutra escola que não era a primeira opção

A escola secundária Infanta D. Maria recebeu um número de inscrições de alunos para o ano 2008/2009 superior à quantidade de vagas que tem disponível, situação que tem preocupado os pais dos estudantes nos últimos dias.

«Houve uma série de factores que contribuíram para a situação, como por exemplo a transferência de alunos da Eugénio de Castro para a D. Maria», explicou Maria do Rosário Gama, presidente do Conselho Executivo.

Por isso, a fase de matrícula de alunos, que terminou há alguns dias, foi agitada. «Por exemplo, temos cinco turmas de Ciências e Tecnologias. Recebemos 200 boletins, ou seja, 60 alunos tiveram que ir embora para outra escola que não era a sua primeira opção», afirmou a responsável.

Outro caso diz respeito ao 7.oº ano. «Existem 50 vagas, mas temos muito mais alunos que entregaram boletim», indicou Maria do Rosário Gama. Nestes casos a presidente afirma que «não há mais espaço» para abrir mais turmas. A excepção é a área das ciências socioeconómicas. «Inicialmente havia 28 vagas, mas como recebemos 48 boletins houve a necessidade de abrir uma segunda turma», esclareceu a responsável, recordando que «é a Direcção Regional de Educação do Centro que atribui os cursos para as escolas».

A área de Humanidades foi a única que não gerou problemas. «Houve uma redução de entrega de boletins em todas as escolas», contextualizou a presidente.

Responsáveis atentos a matrículas com dados falsos
Alguns pais estão preocupados com a inscrição de alunos que não pertencem à área de residência da escola D. Maria e têm--no manifestado junto aos responsáveis da instituição.

Segundo a directora do Conselho Executivo, a situação está a ser controlada, mas existem cautelas que não podem ser descartadas. «Tem que haver cuidado. Já chamei um agente da Escola Segura. Se houver denúncias em relação a dados falsos temos que agir», defendeu Maria do Rosário Gama.

A escola secundária Infanta Dona Maria recebe actualmente cerca de 600 alunos por ano e acolhe 97 docentes. Foi criada em 1918 enquanto Liceu Feminino de Coimbra. Em 1948 a instituição passou a ocupar as actuais instalações na Rua Infanta D. Maria.

Fonte: Diário de Coimbra


E parece que está a pagar o preço da reputação. As informações que eu tenho indicam que, na maioria das outras escolas, o número de turmas está a diminuir (imposição estúpida da DREC, diga-se de passagem). Aqui chegaram ao limite.

MensagemEnviado: terça-feira, 29 julho 2008 12:05
por RuiSantos
Este súbito aumento de inscrições nesta escola, terá alguma coisa haver com o facto de Brotero - praticamente vizinha do Dona - ter entrado em obras?! :lol:

MensagemEnviado: terça-feira, 29 julho 2008 14:31
por Realeza
RuiSantos Escreveu:Este súbito aumento de inscrições nesta escola, terá alguma coisa haver com o facto de Brotero - praticamente vizinha do Dona - ter entrado em obras?! :lol:


Isso não é desculpa, porque a escola vai funcionar em Setembro. A maior parte das obras vão ser feitas em Agosto.

MensagemEnviado: terça-feira, 29 julho 2008 14:47
por DaniFR
Realeza Escreveu:
RuiSantos Escreveu:Este súbito aumento de inscrições nesta escola, terá alguma coisa haver com o facto de Brotero - praticamente vizinha do Dona - ter entrado em obras?! :lol:


Isso não é desculpa, porque a escola vai funcionar em Setembro. A maior parte das obras vão ser feitas em Agosto.


Exactamente. As obras apenas vao decorrer no periodo de ferias.
Este aumento deve-se á reputaçao que a D. Maria ganhou... entao este ano com os 30 vintes e mais uns tantos 19 e 18 nos exames, toda a gente que ir para lá.

MensagemEnviado: terça-feira, 29 julho 2008 19:56
por RuiSantos
Okok então!

Pensei que as obras demorassem mais tempo e que afectassem o próximo ano lectivo, sendo assim, deverá ser mesmo por esse motivo!

Mas também não pode ser qualquer aluno a ir para lá, pelo menos se não vestir determinadas marcas e não tiver dinheiro pra gastar é meio caminho andado para se sentir rejeitado... Não sei se concordam se não, mas digamos que é uma escola elitista...