Data/Hora: sábado, 15 dezembro 2018 22:40


Serra da Boa Viagem

Para tópicos relacionados com fotografia.
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11843
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra

Serra da Boa Viagem

Mensagempor Pedro » sexta-feira, 27 julho 2012 22:06

Seguem algumas fotos de uma caminhada na Serra da Boa Viagem realizada hoje. Comecei em Buarcos, junto à Chaminé, sendo o objectivo chegar ao Miradouro da Bandeira. O tempo estava muito nublado, o que estragou o dia a quem foi à praia... mas a mim deu imenso jeito. :p Como são muitas fotos, estão em thumbnail... carreguem na foto para abrir a versão grande.

Imagem
Primeira paragem após uns 30 minutos, para beber água e aproveitar para uma fotografia do que ia ficando para trás.

Imagem
Pela frente ainda havia um longo caminho a subir...

Imagem
...muito longo...

Imagem
...extremamente longo...

Imagem
Mais ou menos por aqui consultei a bússola para ver se estava a ir na direcção certa, porque estava a parecer-me demasiado tempo... :p

Imagem
Mas afinal tinha apenas subestimado o tempo necessário para subir a serra. Eis o primeiro sinal que estava a chegar a um dos pontos de referência, a Estrada Florestal.

Imagem
A passagem de um carro uns 10 segundos depois de eu ter tirado esta fotografia confirmou que, de facto, estava a olhar para a estrada florestal. :p

Imagem
Aparentemente a mistura de asfalto, buracos e terra da fotografia anterior é uma rua.

Imagem
Assim que se chega à Estrada Florestal, perde-se imediatamente a sensação de estarmos embrenhados na floresta...

Imagem
Por isso, nada melhor que optar por um caminho menos percorrido para tentar chegar ao segundo ponto de referência: a dolina de cedros.

Imagem
E a aposta resultou bem, este parque de merendas estava completamente vazio, bem cuidado e limpo (até os caixotes do lixo estavam vazios... ou apanhei-o após uma limpeza ou é pouco frequentado).

Imagem
Vista do meu agradável spot de almoço. O silêncio só era interrompido pelo som dos pássaros e pelo ocasional ruído vindo de miúdos irritantes num parque de merendas próximo - mais um motivo para eu ficar contente por este parque não estar sinalizado nem poder ser acedido por automóvel, pude almoçar descansado. :p Mais tarde, quando passei pelo parque próximo, junto à estrada, vi que estava completamente cheio (estavam uns 9 ou 10 carros parados).

Imagem
O ponto de entrada no parque.

Imagem
Vista do topo das árvores.

Imagem
Mais uma vista do meu spotzito. :p

Imagem
No final do almoço, aproveitei para subir a um dos declives para tirar mais uma foto.

Imagem
E estava na altura de continuar a viagem.

Imagem
De regresso à estrada, a caminho de mais um ponto de referência...

Imagem
...que surge ali ao fundo: a Capela de Santo Amaro.

Imagem
Vista frontal da Capela, que tem um pequeno parque de merendas por trás...

Imagem
...e tem também o Parque Aventura.

Imagem
Enquanto percorria o caminho ao longo do Parque Aventura, comecei a sentir o odor a mar, pelo que decidi procurar o motivo...

Imagem
...e aqui está ele, o Cabo Mondego.

Imagem
Eis o farol do Cabo Mondego (zoom esticado ao máximo para se ver alguma coisa :p).

Imagem
E isto... não sei o que é. :p Na altura pensei que fosse o emissor de TDT, mas vi num mapa que fica noutro local. Se alguém souber, avise.

Imagem
Estava na altura de deixar a Capela de Santo Amaro para trás e seguir para o último objectivo da viagem: o Miradouro da Bandeira.

Imagem
Um dos painéis informativos que encontrei pelo caminho.

Imagem
E eis que cheguei ao miradouro. Ao fundo vê-se Quiaios.

Imagem
Eis um dos "elementos decorativos" presentes no Miradouro.

Imagem
Vista parcial do Parque Eólico da Serra da Boa Viagem.

Imagem
Mais uma fotografia da vista do miradouro.

Imagem
E ali está a praia de Quiaios...

Imagem
...mais uma vez, zoom esticado. :p

Imagem
Panorâmica tirada com o telemóvel, utilizando a funcionalidade de fotografias panorâmicas introduzida no ICS.

Imagem
Já de regresso, uma pequena paragem para tirar uma fotografia da Figueira.

Imagem
O céu estava bastante nublado... foi um dia mau para quem estava na praia, mas óptimo para uma caminhada. :p

Imagem
A subida do trilho foi mais cansativa, mas a descida foi mais difícil, especialmente devido à quantidade de pedras soltas que havia em alguns locais.

Imagem
E já na etapa final. :D

Raquel*
Experiente
Experiente
 
Mensagens: 310
Registado: sábado, 26 janeiro 2008 12:08

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Raquel* » sábado, 28 julho 2012 13:38

Sem duvida um belo passeio :)

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11843
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Pedro » sábado, 28 julho 2012 14:55

Yep, recomenda-se (embora talvez com um trilho de subida mais fácil :p). Quando cheguei ao miradouro da Bandeira, ainda estive a pensar ir até à cascata da Serra, mas achei melhor não arriscar por causa do tempo que ia demorar (eram mais 5 a 6 km, ida e volta). Terá de ficar para uma ocasião futura (dava um meeting do fórum giro, mas se o pessoal já não costuma alinhar muito quando o meeting é num café... não sei se uma caminhada de um dia será mais atraente :p).

Avatar do Utilizador
Tide
Experiente
Experiente
 
Mensagens: 358
Registado: sexta-feira, 02 julho 2010 17:40

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Tide » sábado, 28 julho 2012 23:26

Uma caminhada poderá ser interessante. Nem sabia que a serra tinha uma cascata...

Quanto tempo demorou essa caminhada?
Feedback, blood & destruction.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11843
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Pedro » sábado, 28 julho 2012 23:45

Cerca de 5 horas (saí de Buarcos às 11h30 e estava de volta pelas 16h30), contando com algures entre 30 minutos a uma hora parado (comer, beber água, descansar, tirar fotografias e apreciar as vistas :p). Foram cerca de 10 km (ida e volta). Para chegar à cascata e voltar, penso que seria aconselhável contar com mais duas horas. Em todo o caso, a ida até ao miradouro já dá um percurso giro.

Marquei a amarelo o percurso aproximado que fiz na imagem que se segue. Há partes de trilho e estrada por baixo das árvores que não dão para ver no Google Earth, pelo que coloquei a minha estimativa.
Imagem

Acham que vale a pena então tentar combinar uma caminhada? Penso que se formos no mínimo uns 3 ou 4 já deve resultar bem.

Raquel*
Experiente
Experiente
 
Mensagens: 310
Registado: sábado, 26 janeiro 2008 12:08

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Raquel* » domingo, 29 julho 2012 12:37

Também desconheço a cascata.

Eu gostava muito, mas nao tenho resistencia para uma caminhada dessas :dis:

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11843
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Pedro » domingo, 29 julho 2012 12:46

Em termos de resistência, diria que é cansativa mas não é muito exigente se for feita a um ritmo moderado (eu consegui fazer e estou completamente em baixo de forma :p). A parte mais difícil é a subida até à estrada florestal, o resto do percurso até ao miradouro é relativamente plano. Não sei como será até à cascata, mas suponho que seja semelhante à encosta sul.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11843
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Pedro » quinta-feira, 09 agosto 2012 2:04

Hoje fiz mais uma caminhada pela serra. O ponto de partida foi novamente a chaminé, sendo o objectivo visitar alguns dos pontos que tinha visto à distância da outra vez: Abrigo da Montanha, antenas, Farol do Cabo Mondego e farol antigo. No total, percorri cerca de 12 km. Seguem as fotos em thumbnail (carreguem na foto para a versão completa).

Imagem
Primeira pausa para beber água, após uns 20 minutos a andar. Ao fundo (e terrivelmente longínquos) estão dois dos objectivos a visitar.

Imagem
Zoom da máquina no máximo e, mesmo assim, só se vê um pedaço do telhado do Abrigo...

Imagem
...e, ao lado, as antenas.

Imagem
Para trás fica o ponto de partida, a chaminé.

Imagem
Antes de prosseguir, aproveita-se para tirar uma foto panorâmica do que ficou para trás.

Imagem
Aqui chega ao fim a estrada...

Imagem
...e começa a diversão. Desta vez, optei por fazer a subida num trilho habitualmente usado para downhill.

Imagem
Inicialmente tive algumas dúvidas sobre se estava no caminho correcto, pois não me parecia propriamente o sítio ideal para andar de bicicleta, mas...

Imagem
...as várias fitas da Câmara Municipal que vou encontrando indicam-me que estou no caminho correcto.

Imagem
Seriously, há quem ande de bicicleta aqui?

Imagem
Como se o caminho já não fosse suficientemente complicado, havia ainda alguns saltos pelo caminho.

Imagem
Damn, existe pessoal suficientemente maluco para dar este salto numa bicicleta???

Imagem
Continua-se a subir...

Imagem
E continuo sem entender como é que há quem ande aqui de bicicleta.

Imagem
Pausa para descanso... a Figueira vai ficando mais longe.

Imagem
Parece que estava um dia bom na praia.

Imagem
"Thou shall not pass!" - Spider Gandalf a bloquear o trilho. :p

Imagem
Mais uma espreitadela para o que ficou para trás.

Imagem
Eis o primeiro sinal de que estou quase na estrada florestal.

Imagem
Mais uma pausa para beber água...

Imagem
Mais uma espreitadela para o mar.

Imagem
Hmmm... temos um caminho simpático pela direita e um trilho apertado pela esquerda... qual escolher?

Imagem
O trilho da esquerda, obviamente.

Imagem
E mais um salto para o pessoal do downhill.

Imagem
Seriously? Há alguém que acha que dar este salto é boa ideia?

Imagem
E, perto de duas horas após iniciar a subida, eis a chegada a um dos pontos de referência: a estrada florestal.

Imagem
O almoço foi novamente na Dolina de Cedros.

Imagem
Infelizmente, desde a minha última visita, passaram por cá pessoas que não merecem poder frequentar estes espaços.

Imagem
De regresso à estrada florestal após o almoço... tive de tirar uma foto a este sinal, fica completamente "fora de contexto" no meio de uma serra. :p

Imagem
Eis um caminho que parecia interessante...

Imagem
E que levava a uma entrada inferior do parque de merendas da Fonte de Santa Marinha.

Imagem
Infelizmente, encontra-se bastante degradada e com apenas um minúsculo fio de água...

Imagem
Novamente, voltamos a encontrar sinais de pessoas que não merecem poder frequentar estes espaços.

Imagem
Existem sinais de vandalismo um pouco por todo o parque de merendas.

Imagem
Subindo umas escadas surge outra fonte...

Imagem
Mas encontra-se seca.

Imagem
Aproximamo-nos da saída do parque de merendas...

Imagem
E voltamos aos trilhos. Já estamos próximos do miradouro do Abrigo da Montanha.

Imagem
A caminho do Abrigo...

Imagem
...com vista para o mar pela direita.

Imagem
Próximo do miradouro existe um parque de merendas, mas não tem qualquer sombra.

Imagem
E eis que chegámos ao Abrigo da Montanha, um restaurante aberto num antigo posto de turismo remodelado.

Imagem
Infelizmente, tanto o restaurante como o bar encontram-se fechados, apenas com um sinal de "Abre brevemente".

Imagem
Placa da inauguração, em 2001.

Imagem
Vista para a Figueira.

Imagem
Mais uma fotografia da Figueira, tirada enquanto, a alguns metros de mim, um homem tentava convencer a mulher que isto tratava-se de um abrigo, apesar da incredulidade dela ("E é para proteger do quê?" - "Do tempo" - "E é para quantos?" - "Para quantos couberem"). Ainda pensei em dizer-lhes que "Abrigo da Montanha" é só o nome do restaurante, mas o Código dos Homens proíbe-nos de corrigir outro homem à frente da mulher. :p

Imagem
Novamente a Figueira, agora com um pouco de zoom.

Imagem
Fotografia panorâmica da vista do Abrigo.

Imagem
Uma última fotografia do restaurante, antes de prosseguir.

Imagem
Ao fundo via-se a fábrica da Cimpor, responsável pelo autêntico atentado que se fez à paisagem da serra.

Imagem
Eis a chegada às antenas, que têm também um miradouro. Continuo sem saber do que são, suponho que de telecomunicações. Seja o que for, são tremendamente barulhentas. :p

Imagem
Lá ao fundo fica o ponto de visita seguinte, o farol do Cabo Mondego.

Imagem
Mais uma foto do farol, com um bocadito de zoom.

Imagem
Ali ao fundo vê-se parte da devastação causada pela fábrica da Cimpor.

Imagem
Continuando a olhar para a direita, vemos ao fundo o Couto Mineiro...

Imagem
...que é um dos pontos a visitar futuramente.

Imagem
E o seu miradouro, que também está na lista.

Imagem
Mais ou menos a meio da foto pode ver-se o miradouro visitado na caminhada anterior, de onde tirei algumas fotos a este ponto.

Imagem
Uma última fotografia panorâmica antes de prosseguir.

Imagem
No caminho para o farol existem alguns bancos de merendas, mas sem qualquer sombra. Em segundo plano, estão os dois pontos anteriores (antenas e o telhado do abrigo).

Imagem
A caminho do farol...

Imagem
No cimo, o local onde estivemos anteriormente.

Imagem
Pelo caminho, um edifício abandonado e vandalizado... parece que o vandalismo infelizmente é ocorrência comum nesta serra.

Imagem
E estamos quase a chegar ao farol.

Imagem
Este sinal já deve ter uns anitos...

Imagem
Vista do miradouro do farol. Acabou por desiludir... o miradouro tem um muro relativamente alto, que tapa uma boa parte da vista, e apenas é dada autorização para fazer uma visita muito rápida.

Imagem
Fotografia do farol.

Imagem
Uma imagem da devastação causada pela Cimpor.

Imagem
O passo seguinte é visitar o farol antigo. Este sinal indica que estamos no caminho correcto.

Imagem
E aqui está o farol antigo (ou o que resta dele).

Imagem
Apesar de estar degradado, dá para subir até ao topo.

Imagem
Vista do topo do farol. O que me chamou mais a atenção foi o grande aumento na velocidade do vento no topo, apesar de o farol ser baixito.

Imagem
Uma espreitadela para onde já estivemos, antes de prosseguir.

Imagem
Última paragem, num dos miradouros que ficam na estrada.

Imagem
Eis a Figueira e Buarcos.

Imagem
Mais uma fotografia enquanto se fazia uma pausa para beber água (que acabou, ainda bem que já estava no fim da caminhada).

Imagem
Última fotografia antes de arrumar a máquina por hoje...

Imagem
E, para terminar, uma panorâmica capturada com o telemóvel.

Avatar do Utilizador
|zype|
Experiente
Experiente
 
Mensagens: 220
Registado: domingo, 11 setembro 2011 23:13
Localização: Santa Clara

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor |zype| » quinta-feira, 09 agosto 2012 13:43

bela descrição e boas fotos, muito bonito !
ESEC

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11843
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07
Localização: Coimbra

Re: Serra da Boa Viagem

Mensagempor Pedro » segunda-feira, 13 agosto 2012 23:37

Hoje houve outra caminhada, desta vez mais curta porque levei companhia não habituada a estas coisas. :p Foram cerca de 8km, desde Buarcos até ao miradouro da Capela de Santo Amaro (parte do caminho foi repetido da minha primeira caminhada).


Imagem
Como cheguei primeiro, deu para tirar umas fotos ao anfiteatro...

Imagem
...que fica ao lado do lago dos patos...

Imagem
...onde os seus mais recentes habitantes estavam a dar o passeio matinal (falta um nesta fotografia).

Imagem
Aqui já estávamos na subida, a fazer uma pequena pausa. Trata-se de outro trilho que ainda não tinha explorado.

Imagem
Na subida avistámos um pequeno morro, de onde se tinha uma vista óptima sobre tudo em redor (o que significou muitas fotografias :p). Ali ao fundo vê-se o Abrigo da Montanha.

Imagem
Aqui vê-se a Figueira.

Imagem
Ali está Buarcos e a sua chaminé, na zona do nosso ponto de partida.

Imagem
Mais uma vista de Buarcos.

Imagem
Estava um dia óptimo para a praia.

Imagem
Ao fundo vê-se o parque eólico.

Imagem
Aquela torre quase a meio da foto fica no local onde iríamos encontrar a estrada florestal.

Imagem
Antes de prosseguir, aproveitei para uma foto panorâmica.

Imagem
E depois seguimos o nosso caminho.

Imagem
Ali ao fundo está o morro das fotos anteriores.

Imagem
Aqui já estávamos no fim da subida....

Imagem
E eis que chegamos à estrada florestal e à torre de água.

Imagem
Após percorrer um trilho, fomos ter à fonte de Espinhais...

Imagem
...mas ambas as saídas de água estavam secas.

Imagem
Aproveitei para espreitar alguns sítios de onde podia tirar fotos...

Imagem
E acabámos por encontrar algo estranho no meio da vegetação...

Imagem
Apesar de imensos filmes de terror começarem com a abertura de uma porta destas, decidimos espreitar lá para dentro na mesma... :p

Imagem
No entanto, estava demasiado escuro e não se via nada...

Imagem
Acabei por me inclinar um pouco para tirar umas fotografias e esperar ver alguma coisa no visor da máquina graças ao flash. Conseguimos descortinar umas escadas...

Imagem
...que levam a uma pequena câmara.

Imagem
Teria sido um sítio giro de explorar, mas como não tínhamos levado uma lanterna... terá de ficar para outra ocasião. Por isso, saímos do "mini-vale" onde fica a fonte...

Imagem
E seguimos para o local do almoço...

Imagem
...que foi o habitual.

Imagem
A seguir ao almoço, dirigimo-nos para o miradouro da capela de Santo Amaro.

Imagem
Do miradouro, avista-se o Abrigo da Montanha....

Imagem
...que, apesar de estar fechado, continua a ter sempre movimento.

Imagem
Ali ao fundo fica o Couto Mineiro, que é um dos objectivos para uma caminhada futura.

Imagem
Uma última foto panorâmica, antes de iniciar a viagem de regresso...

Imagem
E aqui está o nosso ponto de descida, que já tinha usado na minha primeira caminhada.

Imagem
Uma pausa para beber água enquanto se espreita a vista para a Figueira...

Imagem
E, quando abandonámos o trilho e regressámos às ruas pavimentadas, uma última foto para lembrar o Filipe de tudo o que andou... algumas horas antes, tínhamos visto aquele cume do outro lado. :p


Voltar para Fotografia

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron