Página 3 de 4

MensagemEnviado: sábado, 20 dezembro 2008 15:45
por RuiSantos
Pedro Escreveu:Esta data é para o início das obras no campo do Adémia.

Sim, mas supostamente começariam ao mesmo tempo!

MensagemEnviado: quarta-feira, 07 janeiro 2009 22:05
por Pedro
E ainda não foi desta que avançaram no Adémia... parece que vai haver outra reunião na Câmara sobre o assunto.

Quanto às obras do Eirense, ouvi dizer que decidiram avançar sem o apoio da Câmara, embora não possa confirmar se foi mesmo esse o caso. Não me espantaria, dado a tremenda demora e respectivos prejuízos que esta situação traz aos clubes.

MensagemEnviado: domingo, 18 janeiro 2009 20:48
por Pedro
Câmara de Coimbra anuncia sete campos sintéticos

A Câmara Municipal de Coimbra assinou hoje, na Associação de Futebol de Coimbra, os contratos com a empresa que vai instalar sete campos sintéticos no concelho, facto considerado único no país.

"Este é o único concelho do país a intervencionar esta quantidade significativa de campos sintéticos ao mesmo tempo", disse à Agência Lusa o vereador do desporto da edilidade, Luís Providência.

O autarca confirmou que as obras estarão terminadas até ao final do próximo mês de Junho e orçam em 2.400.000 euros, "tudo pago pela autarquia", o que perfaz a quantia de 338 mil euros por campo. "É um valor baixo para campos topo de gama: duas estrelas FIFA", salientou.

"É um grande esforço para a Câmara Municipal de Coimbra. É uma operação financiada a dez anos", concluiu Luís Providência.

O responsável pelo pelouro confirmou os sintéticos em campos "pelados" do Adémia, do Eirense, do Brasfemes, do Cernache, do Souselas, do Esperança e do União de Coimbra e prometeu para depois do Verão a requalificação de mais campos do concelho.

Fonte: Record


15 de Fevereiro foi indicado como data provável de conclusão das obras no Adémia... será desta?

MensagemEnviado: quarta-feira, 21 janeiro 2009 22:48
por Pedro
E parece que avançou mesmo. Já há máquinas no campo e já foi feito algum do trabalho inicial.

Re: Relvados sintéticos em Coimbra

MensagemEnviado: quarta-feira, 21 janeiro 2009 23:35
por RuiSantos
Pedro Escreveu:Já deviam ter começado em Agosto, mas a nova data de início é para princípios de Outubro (espera-se que, em Novembro, os dois primeiros relvados já estejam prontos).

É caso para dizer: finalmente! :lol:

MensagemEnviado: sábado, 07 março 2009 21:51
por Pedro
Hoje já vi os rolos de relva sintética, prontos a ser colocados no campo (que, entretanto, já recebeu uma camada de brita). Não percebo grande coisa de colocação de relvados sintéticos, mas parece-me que já está quase. :p

Falhou por completo o 15 de Fevereiro, mas pode ser que em finais de Março já se jogue. :p

MensagemEnviado: quinta-feira, 19 março 2009 23:00
por RuiSantos
É já no próximo domingo pelas 11:00 que vai ser inaugurado o campo sintético do UC Eirense - mais informação aqui:wink:

MensagemEnviado: domingo, 22 março 2009 16:46
por RuiSantos
As primeiras imagens
Imagem
Imagem

MensagemEnviado: terça-feira, 31 março 2009 20:10
por Pedro
No Adémia terminaram ontem de colocar a camada de asfalto... prevê-se que a relva comece a ser colocada na Quinta-Feira.

MensagemEnviado: segunda-feira, 06 abril 2009 21:28
por Pedro
E já há relva. Demorou, mas a maior parte do campo já está coberto (embora ainda faltem mais algumas coisas). Eu não percebo nada de construção de campos de futebol, mas diria que a inauguração deve ser ainda este mês.

MensagemEnviado: sábado, 18 abril 2009 18:11
por Pedro
Ia-me esquecendo de mencionar... está neste momento a decorrer a inauguração do relvado sintético do Adémia. Demorou, mas chegou.

Em relação aos restantes, as obras já avançaram pelo menos no campo do Brasfemes.

MensagemEnviado: sexta-feira, 01 maio 2009 18:54
por Pedro
Foi hoje feito um joguito para estrear o relvado sintético do Adémia, entre todos os treinadores e os seccionistas. Ganharam os azuis aos brancos por 4-3. Eu comecei a médio, depois estive um bocadito a avançado e acabei a defesa porque já não conseguia correr mais. :p O piso está óptimo, joga-se bem e dá sem problemas para cortes em carrinho (ainda experimentei dois).

Relvados Sinteticos em Coimbra

MensagemEnviado: quinta-feira, 07 maio 2009 12:41
por painteressado
Bom dia. Como o meu nome indica sou um pai interessado nesta "coisa" dos relvados sinteticos.
Alguém me sabe explicar o que é que se passa? As obras não levam um ritmo normal porquê?
Será que o Presidente da Camara sabe disto? e que provavelmente esta questão poderá servir como arma de arremesso por parte das freguesias envolvidas (já nao falo de eiras nem adémia)?
Estamos quase em Junho e a ultima entrevista que o PC deu (na inauguração do RS da ADCA) disse que em Julho todos os recintos (7) estariam concluidos. Não acredito.
Porque é que o campo do Brasfemes parou com as obras?
Cumprimentos.
Painteressado

MensagemEnviado: quinta-feira, 07 maio 2009 12:46
por Pedro
O do Brasfemes também parou?

No caso do campo do Eirense e do Adémia, penso que as obras pararam porque a câmara não tinha avançado com o dinheiro nem havia contratos redigidos. O do Eirense avançou um pouco mais cedo, pelo que soube, porque o clube arriscou um pouco e avançou sem ter o contrato final na mão.

Quanto à data anunciada pela Câmara, não deve ser muito fiável. Basta dar uma olhada a este tópico para ver as sucessivas datas que foram sendo anunciadas para o relvado da ADCA.

Re: Relvados sintéticos em Coimbra

MensagemEnviado: terça-feira, 20 agosto 2013 9:36
por Pedro
IVA dos “sintéticos” pago através de contrato-programa

A atribuição de uma comparticipação financeira para a obtenção de “maiores e melhores resultados desportivos” por sete coletividades do concelho foi a forma encontrada pela câmara para resolver a questão do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) na instalação dos relvados sintéticos.

Os clubes beneficiados com esta medida são o Adémia, Almalaguês, Souselas, Esperança, Brasfemes e Cernache, os quais irão receber 90 mil euros em 12 tranches trimestrais de 7.500 euros.

Refira-se que a questão do incumprimento fiscal “nasceu” de um diferendo sobre a incidência de imposto sobre a transação de cada um dos relvados, comprados a uma empresa espanhola.

Fonte: As Beiras


90 mil euros por ano, para clubes desta dimensão, é um apoio considerável.