Data/Hora: quarta-feira, 18 October 2017 2:57


Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Para comentar e discutir o desporto profissional, amador e de lazer em Coimbra
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sábado, 09 março 2013 11:57

Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

O plantel profissional da Naval admitiu ontem o recurso à greve face ao incumprimento salarial do clube revelou o presidente do SJPF. «É do conhecimento público que os profissionais da Naval estão com três meses de salário em atraso. Aquilo que os jogadores decidiram hoje (ontem) deve-se à grave situação que os está a afectar quer do ponto de vista pessoal como familiar e com consequências no plano desportivo», sublinhou Joaquim Evangelista.

Fonte: Diário de Coimbra


Depois do Leiria, será que a Naval é a próxima da lista?

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sábado, 16 março 2013 21:40

Pré-aviso de greve no plantel da Naval

Com três meses de salários em atraso, os jogadores já pediram para ser activado o Fundo de Garantia Salarial.

A equipa profissional de futebol da Naval mandatou ontem o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) para accionar o pré-aviso de greve face ao incumprimento salarial do clube para com os seus profissionais.
Joaquim Evangelista, presidente do SJPF, confirmou que a vontade dos jogadores foi respeitada tendo sido ontem mesmo enviado o pré-aviso de greve ao Ministério da Economia e do Emprego, Secretaria de Estado do Desporto e da Juventude, Liga Profissional de Futebol, Federação Portuguesa de Futebol e Naval SAD.

Fonte: Diário de Coimbra


Tudo parece apontar para que seja mesmo o próximo...

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sexta-feira, 22 março 2013 15:27

Ausência de soluções mantém greve na Naval

Representante do clube não apresentou solução de liquidação dos salários em atraso.

Foram goradas as expectativas de uma eventual solução para desconvocar a greve anunciada pela equipa profissional da Naval em pré-aviso accionado na passada semana e que visa o encontro com o Vitória Guimarães B a realizar dia 30.

Fonte: Diário de Coimbra


Parece que as coisas vão mesmo correr mal para a Naval.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » quarta-feira, 27 março 2013 10:39

Chinês pode ser salvação da Naval

SAD negoceia entrada de um investidor asiático que pode resolver os problemas.

Época pascal pode trazer um “folar” importante para a Naval SAD. A entrada de um investidor chinês no capital da SAD do clube figueirense pode estar por horas.

Fonte: Diário de Coimbra


Afinal ainda há uma hipótese.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » quinta-feira, 28 março 2013 11:33

Plantel da Naval desconvocou a greve

Jogadores esperam que o clube corresponda positivamente ao seu gesto de boa vontade. Sábado há jogo em Guimarães.

O Plantel profissional da Naval reuniu ontem à tarde com o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) sendo tomada a decisão de desconvocar a greve ao jogo da 33.ª jornada da II Liga frente ao V. Guimarães B.

Fonte: Diário de Coimbra


Já não há o perigo da greve, mas também não há novidades quanto ao tal investidor...

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sábado, 06 abril 2013 10:55

FIFA manda retirar 12 pontos à Naval por dívidas do clube

Com os pontos a menos, o emblema da Figueira da Foz desce para o 17.º posto da II Liga.

A FIFA ordenou a retirada de 12 pontos à Naval 1.º de Maio na II Liga, por dívidas não saldadas a dois clubes brasileiros.

De acordo com a deliberação do comité disciplinar, a FIFA ordenou a subtracção imediata de 12 pontos, seis por cada um dos processos, sendo um referente à aquisição de um futebolista ao Coritiba Futebol Clube e outro ao Clube Sociedade Esportiva Palmeiras.

Após 33 jornadas disputadas, a formação da Figueira da Foz ocupa o 14.º lugar na II Liga, com 43 pontos. Com a subtracção de 12 pontos, a Naval 1.º de Maio desce três posições, para o 17.º posto, contabilizando 31 pontos, ficando ainda a salvo dos lugares de descida de divisão.

Os jogadores do clube tinham apresentado um pré-aviso de greve à 33.ª jornada, frente ao Vitória de Guimarães B, por terem três salários em atraso, mas acabaram por desconvocar o protesto e comparecer no jogo do último sábado, depois de um investidor asiático ter adquirido 15% do capital da SAD da Naval 1.º de Maio.

Caso não sejam retirados os pontos ao clube da Figueira da Foz, a FIFA poderá suspender as selecções nacionais de provas por si organizadas, acrescenta a deliberação do organismo que rege o futebol mundial, que salienta ainda que, caso a Naval 1.º de Maio não regularize as dívidas, incorre na pena de descida à II Divisão.

Fonte: Público


Passou o perigo da greve, mas continua o risco de problemas maiores.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » terça-feira, 16 abril 2013 9:05

Naval... futuro em risco

Subtraídos 12 pontos na classificação. Ausência de diálogo leva jogadores a não treinar e o clube figueirense arrisca nova subtração pontual.

O futuro da Naval está cada vez mais sombrio. A Liga executou a decisão da FIFA e subtraiu 12 pontos ao clube da Figueira da Foz por dívidas de direitos de formação a dois clubes brasileiros referente a dois jogadores contratados na temporada de 2007/ /2008. Rodrigo Café e Felipe Brochieri, os jogadores em causa, foram utilizados, em con­junto, 31 minutos.

Efeitos imediatos da decisão: a Naval desce na tabela classificativa da II Liga do 14.º lugar com 46 pontos para o 18.º com 34, situando-se apenas cinco pontos acima da linha de água.
Como um mal nunca vem só, os futebolistas profissionais do clube da Figueira da Foz recusaram-se ontem a treinar.

Fonte: Diário de Coimbra


Tão perto da descida, sem treinar e provavelmente a jogar contrariados... não vejo grande futuro para esta situação.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sexta-feira, 19 abril 2013 10:54

Naval sem dinheiro à vista

Jogadores sabem que não há verba para pagamentos e receberam proposta que não convence. Sindicato pede para Aprígio Santos “dar a cara”.

Os jogadores da Naval no final do jogo com o Marítimo conversaram com o administrador executivo da Naval SAD e ouviram da boca do dirigente: «Não há dinheiro para vos pagar». Soluções adiantadas, uma proposta de reconhecimento de dívida a cada jogador em nome pessoal do presidente Aprígio Santos, proposta que parece não convencer os profissionais navalistas dada a ausência de garantias da mesma.

Fonte: Diário de Coimbra


Continua a espiral descendente...

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sábado, 18 maio 2013 17:55

Jogadores da Naval parados depois do apito inicial, em protesto

Em mais uma iniciativa do plantel da Naval como protesto pelos cinco meses de salários em atraso, os onze atletas que esta tarde entraram em campo frente à equipa do FC Porto B, ficaram parados depois do apito inicial.

O protesto demorou apenas um minuto, para voltar a chamar à atenção para a situação, mas depois disso os jogadores começaram a correr e o jogo já decorre normalmente.

Durante o minuto de paralisação, os jogadores do FC Porto mostraram-se solidários com os colegas de profissão e pela situação que estes atravessam, e não passaram do meio campo nem tentaram criar perigo.

Os problemas financeiros da Naval já custaram 12 pontos aos figueirenses e não parece ter fim à vista.

Fonte: A Bola


Mais um protesto, mas também não deve ter grande resultado. No entanto, destaca-se a atitude solidária do adversário.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » quinta-feira, 06 junho 2013 13:48

Sp. Covilhã ocupa a vaga da Naval na II Liga

Clube da Figueira da Foz não formalizou a sua candidatura à participação na II Liga nem cumpriu os requisitos financeiros para tal.

A Naval 1.º de Maio ficou nesta quinta-feira impedida de participar na II Liga, abrindo uma vaga para o Sporting da Covilhã, depois de a Liga de Clubes não ter recebido a inscrição do clube figueirense.

A Comissão Executiva da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) deliberou "declarar o impedimento de participação da Naval - Futebol, SAD no campeonato da II Liga, na época 2013-14 e, nos termos do artigo 100.º, n.º 4, do Regulamento de Competições, convidar o Sporting Clube da Covilhã a apresentar a sua candidatura para preencher a vaga aberta nessa competição”, pode ler-se num despacho oficial.

A Comissão Executiva da LPFP diz ter recebido “com data de registo de 27 de Maio de 2013, carta contendo apenas uma cópia de duas folhas correspondentes ao anexo n.º 2 apresentado no âmbito dos pressupostos financeiros da época 2012-2013”. E prossegue: “A missiva referida na alínea anterior não continha, portanto, qualquer documento exigido no âmbito dos pressupostos de natureza financeira para a época desportiva 2013-14, nem qualquer declaração de vontade de formalização da candidatura à participação nas competições organizadas pela LPFP para a época desportiva 2013-14”, sublinha o mesmo despacho.

Ainda no mesmo documento se pode ler que “a Naval - Futebol SAD está liminarmente impedida de participar na época 2013-14 no campeonato da II Liga” e que “a vaga aberta pelo impedimento da Naval - Futebol, SAD, deve ser preenchida pelo clube da II Liga melhor classificado nos lugares de descida da presente época”.

A Naval 1.º de Maio terminou a II Liga na 17.ª posição, com 45 pontos, enquanto o Sporting da Covilhã foi 20.º e antepenúltimo classificado, com 38.

Esta é a segunda vez consecutiva que o clube serrano é “repescado”, uma vez que se inscreveu na edição de 2012-13 da II Liga, depois de ter beneficiado do facto de a União de Leiria, última classificada no campeonato de 2011-12 da I Liga, não ter cumprido os requisitos obrigatórios no processo de inscrição.

Fonte: Público


E diria que vai mesmo seguir o caminho do Leiria. Quanto ao Sporting da Covihã, conseguiu safar-se da descida na secretaria pelo segundo ano consecutivo... é preciso ter alguma sorte.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » terça-feira, 12 novembro 2013 10:28

FIFA penaliza a Naval com perda de seis pontos

Aplicação imediata da decisão atira o Clube para o último lugar da série E do Campeonato Nacional Sénior.

Uma vez mais a FIFA condena a Naval à subtracção de seis pontos, por incumprimento no pagamento de uma dívida ao clube brasileiro Corinthians Alagoano relativo à contratação do médio brasileiro Binho realizada pelo clube figueirense na temporada de 2000/01.

Fonte: Diário de Coimbra


Está mesmo tudo a correr mal... até algo que aconteceu há mais de 10 anos vem tirar uns pontos à Naval.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » quarta-feira, 26 março 2014 10:56

Aprovado fim da cedência do estádio à Naval

Regulamento de utilização do complexo desportivo vai ser reapreciado e sujeito a aprovação da Câmara e da Assembleia Municipal da Figueira da Foz.

A proposta de resolução do protocolo de concessão do Estádio Municipal José Bento Pes­soa à Naval foi ontem aprovada por unanimidade durante a reunião de câmara. A autarquia avançou para esta decisão dado que a Naval não terá apresentado documentos com­­provativos da sua situação tributária, nem cumpriu com as despesas de água, luz e gás a que estava obrigada.

Fonte: Diário de Coimbra


Parece-me que se levantam duas questões: onde vai passar a jogar a Naval e quem vai ocupar o lugar dela no estádio.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » domingo, 16 abril 2017 10:55

Naval está de regresso ao distrital

O Vilafranquense foi à Figueira da Foz dar um “xeque- mate” à Naval com uma vitória de 3-0, ditando uma sentença que há muito se adivinhava: o regresso da equipa da Figueira da Foz às competições distritais.

Fonte: Diário de Coimbra


E a queda continua...

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
 
Mensagens: 11711
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 21:07
Localização: Coimbra

Re: Plantel da Naval ameaça fazer greve a um jogo

Mensagempor Pedro » sexta-feira, 29 setembro 2017 11:59

Naval 1.º de Maio abandona o futebol

Os atletas e treinadores da Naval 1.º de Maio foram informados, durante a tarde e noite de ontem, da desistência da turma figueirense da Divisão de Honra AFC, Nacional da 1.ª Divisão de Juniores e nacionais de juvenis e iniciados fazendo com que, deste modo, o clube Naval 1.º de Maio fique sem qualquer representatividade em termos futebolísticos. Depois de não ter encontrado investidor para abater as avultadas dívidas do clube, sendo que o último a ser ventilado foi um empresário colombiano, a equipa cuja direcção já não tinha quórum devido ao facto de grande parte dos seus elementos estarem demissionários acabou por ter de colocar um ponto final nas formações que ainda representavam o clube nas competições nacionais e que, inclusive, iniciaram as respectivas provas.

Fonte: Diário de Coimbra


E parece que acabou...


Voltar para Desporto em Coimbra

Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante

cron