Portugal dos Pequenitos, um bem de Coimbra ou de Portugal ?

Para conversar e discutir temas relacionados com Coimbra
Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 11954
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Re: Portugal dos Pequenitos, um bem de Coimbra ou de Portuga

Mensagem por Pedro »

Pais e filhos divertem-se no Portugal dos Pequenitos

A presença do Palhaço Brincalhão é apenas uma das iniciativas que está a decorrer no Portugal dos Pequenitos, no sentido de envolver os visitantes no espírito do parque temático mais antigo do país.

A animação do Gigante Serafim ou as sessões explicativas de caráter histórico, nomeadamente sobre o “O terramoto de Lisboa e o Marquês de Pombal”, fazem parte do programa de atividades do Portugal dos Pequenitos. Recorde-se que a exposição permantente da Barbie, que foi inaugurada recentemente, é outra das razões que leva as famílias a fazerem a visita ao parque.

Fonte: As Beiras
Eu diria que baixar o preço dos bilhetes seria uma melhor promoção que a "presença do Palhaço Brincalhão"...

Avatar do Utilizador
banjix
Lendário
Lendário
Mensagens: 1635
Registado: quinta-feira, 23 fevereiro 2006 17:28

Re: Portugal dos Pequenitos, um bem de Coimbra ou de Portuga

Mensagem por banjix »

Concordo contigo, Pedro. Para aquilo que o parque oferece e até para as despesas que tem (que não me parecem ser assim tantas) o preço é bastante elevado e até desencorajador. Antigamente ainda havia por lá alguns animais domésticos e da quinta, mas hoje em dia, nem essa atração tem!

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 11954
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Re: Portugal dos Pequenitos, um bem de Coimbra ou de Portuga

Mensagem por Pedro »

Quatro mil visitantes por dia no Portugal dos Pequenitos

Quatro mil visitantes por dia tem sido uma fasquia alcançada pelo Portugal dos Pequenitos em vários dias da primeira quinzena de agosto.

São valores que já vinham sendo anunciados ao longo do mês de julho, com uma procura crescente por parte dos turistas, com especial destaque, este ano, para os emigrantes portugueses.

Lúcia Monteiro, diretora do parque temático inaugurado em 1940, refere que “este é o resultado dos trabalhos de programação e promoção que temos vindo a realizar ao longo dos últimos cinco anos”, acrescentando que, “em anos mais recuados, chegámos a atingir níveis de afluência deste tipo, mas a quebra financeira das famílias refletiu-se no ano passado, agora, felizmente, recuperado”.

Fonte: Diário de Coimbra
Considerando que o preço dos bilhetes deve rondar os €10 nesta altura (a menos que o tenham alterado)... estamos a falar de mais de um milhão de euros por mês. :shock: Não sei quais as despesas que o parque tem, mas se estes valores estiverem certos, é bem mais lucrativo do que eu pensava.

Avatar do Utilizador
Pedro
Administrador
Administrador
Mensagens: 11954
Registado: quarta-feira, 10 novembro 2004 20:07

Re: Portugal dos Pequenitos, um bem de Coimbra ou de Portugal ?

Mensagem por Pedro »

Portugal dos pequenitos comemora 80 anos com entradas grátis

O Portugal dos Pequenitos, em Coimbra, foi inaugurado a 8 de junho de 1940, o que significa que faz esta segunda-feira 80 anos. Projetado pelo arquiteto Cassiano Branco, é um parque lúdico-pedagógico vocacionado para os mais novos. E foi no Dia Mundial da Criança, há uma semana, que reabriu as portas depois dos limitações de funcionamento decretados pela pandemia.

Muitos eventos estavam programados para festejar o aniversário mas a doença da covid-19 obrigou a cancelar tudo. Em contrapartida, as crianças até aos 13 anos, inclusive, não pagam a entrada durante o mês de junho, ou seja, 5,95 euros, nem é cobrada a aplicação que permite uma visita guiada ao parque.

"É uma forma de assinalar o aniversário, mas também tem a ver com o facto de sabermos que muitas famílias estão com dificuldades económicas", diz Ivo Pimental, administrador da Fundação Bissaya e Barreto, proprietária do Portugal dos Pequenitos (PP). Os adultos pagam 10,95 euros para entrar.

As regras para combater a propagação do novo coronavírus levaram à criação de um novo roteiro para visitar o espaço para evitar que os grupos se cruzem, além que devem manter os dois metros de distância e cumprir as regras de higiene. As entradas são em grupos pequenos, normalmente por agregados familiares. As escolas não estão a marcar visitas, também está suspensa a atividade educativa, embora já tenham realizado oficinas para particulares.

No último fim de semana, visitaram o PP uma média de 400 pessoas por dia, o que os seus responsáveis consideram muito bom dadas as circunstâncias.

Fonte: DN
Com a quebra de visitantes que tiveram, provavelmente será mais frequente ver medidas destas (ou até mesmo uma baixa geral dos preços). Dizer que é uma medida causada em parte por saberem que há muitas famílias com dificuldades económicas e depois cobrar 11 euros por adulto é que... :S